Anemia em cães e gatos saiba mais [cães e gatos]

Anemia em cães e gatosAos tutores de animais de estimação, descubra o que é anemia em cães e gatos. O porquê eles desenvolvem a anemia entre outros, saiba que anemia é a diminuição glóbulos vermelhos. Quer dizer, Isso acontece por vários fatores, abaixo estaremos citando alguns deles.

Primeiramente é importante entender que a anemia em cachorros e gatos, deve ser tratado de forma correta. Ter o diagnóstico preciso, uma vez que ela é não se manifesta claramente, ou seja uma doença silenciosa.

O que é a anemia em cães e gatos?

A anemia nada mais é que a consequência ou uma condição que leva a diminuição da produção das hemoglobinas. Ou seja acontece a destruição ou perda de hemoglobina no sangue. Então, quando você leva seu peludo ao veterinário e ele que seu animal de estimação é anêmico. Com certeza ele vai buscar resposta para entender o que causou essa anemia em seu pet. Quer dizer o que levou essa diminuição ou destruição da hemoglobina no sangue de seu animal doméstico.

Saiba que a anemia pode se desenvolver através de uma variedade de mecanismos. Isso resulta em um número inadequado de glóbulos vermelhos no sangue de animal, desenvolvendo a anemia em cães e gatos. Quando acontece a diminuição ou mesmo a destruição desses glóbulos na circulação da corrente sanguínea do seu animal. Portanto fique tranquilo se animal estiver produzindo células sanguíneas vermelhas o suficiente.

Uma vez que os órgãos e os tecidos do seu animal receberão a quantidade suficiente e adequada de oxigênio. E o dióxido de carbono (um produto residual) será removido. Estas são as principais funções de um glóbulo vermelho saudável.

Veja alguns tipos de anemias

 Hemolíticas: Autoimune, causadas por parasitas
 Hemorrágicas: Perdas significativas de sangue
 Origem medular: Deficiência na produção de glóbulos vermelhos

Algumas causas da anemia

– Alimentação: Quando a alimentação é inadequada isso faz com que tenha uma deficiência extrema de vitaminas e ferro. Sendo que vitaminas e ferro, são essenciais para a produção de sangue. Portanto uma alimentação natural saudável aliada a complexos vitamínicos quase sempre supre essas necessidades.

– Doença renal crônica: o problema da doença renal crônica ocorre quando falta a produção de eritropoietina, quer dizer, a medula não é estimulada a produzir células e por causa disso pode desenvolver a anemia.

– Acidentes: Outro motivo que leva a anemia, é quando acontece um acidente com algum animal e esse tem de perda de uma grande quantidade de sangue, devido à hemorragia tanto interna ou mesmo externa.

– Parasitas: Carrapatos (Erliquiose e Babesiose), os vermes intestinais e as pulgas têm como fonte de alimentação o sangue do animal, ficam sugando o sangue do bichinho e muitas vezes isso leva a anemia também. Pois em infestações crônicas, o animal acaba desenvolvendo essa doença, principalmente se for um filhote, ele fica bem mais vulnerável.

Portanto, essas são algumas causas da anemia, e para ter o tratamento correto é necessário procurar sempre por um Médico Veterinário. Somente ele poderá determinar a real causa da anemia e diante dos diagnósticos e realizar um tratamento específico e adequado.

Os sintomas da anemia

Abaixo vamos citar alguns dos sintomas, claro que quando o animal estiver demonstrando que algo não está bem, a melhor coisa é buscar orientação com profissionais capacitados nessa área.

– Um dos sintomas mais comumente observados são gengivas pálidas.
– Fraqueza, e, muitas as vezes podendo ocorrer até desmaios.
– Em alguns casos, você pode observar sangue na urina ou nas fezes.
– Outros casos, acontece do abdômen do cão distender.
– A pulsação diminui ou aumenta muito, e ele pode ter dificuldades para respirar.
– Mudança repentina no comportamento do animal, isso deve ser sempre observado.

Outros sintomas comuns observados são:

 Perda de peso
 Letargia
 Amarelamento da pele e olhos
 Vômitos

A anemia é uma diminuição dos glóbulos vermelhos no sangue

Para entender melhor a anemia, isso pode nos ajudar entender que, na produção de glóbulos vermelhos em termos de processo de fabricação, a medula óssea é responsável pela fabricação desses glóbulos.

Quer dizer ela quem ordena a produção de mais glóbulos vermelhos, isso vem de um hormônio secretado nos rins (eritropoietina ou EPO), esse é um hormônio de glicoproteína que controla a eritropoiese, ou a produção de células vermelhas do sangue.

Quando o fornecimento de glóbulos vermelhos do corpo tem uma caída, os rins percebem uma diminuição no oxigênio e quando isso acontece, eles demandam por mais glóbulos vermelhos, produzindo eritropoietina. E assim a medula óssea acelera essa produção de glóbulos vermelhos. Mas, para que a medula óssea possa fabricar os glóbulos vermelhos, precisa de certas matérias-primas, tais como as vitaminas e minerais, como B12, cobre e ferro.

Indicadores de anemia

Quando um animal de estimação se torna severamente anêmico, todos os sistemas do corpo podem parar de funcionar devido à entrega inadequada de oxigênio, por isso a recomendação é, ficar sempre atento. Pois sem a entrega adequada de oxigênio, seu animal de estimação pode ficar fraco, sentindo cansaço e totalmente desinteressado pelas suas atividades habituais. Você inda pode notar que a língua e/ou nariz de seu animal que normalmente é cor de rosa fica pálida.

Como a anemia geralmente pode ocorrer como resultado de outra doença, você também pode verificar e perceber outros sinais do problema subjacente – por exemplo, sede e micção excessivas em um gato com doença renal ou vômito em um cão anêmico pela ingestão exagerada de cebolas ou alho. Como são vários os fatores, fica recomendado que se busque orientação como o veterinário de sua confiança.

Conclusão

Acima citamos o que é anemia, tipos de anemias, sintomas e indicadores de anemia, como isso acontece, porque, e quando os glóbulos vermelhos pode se quebrar e resultar em anemia. Para mais informações, procure ajuda com um profissional e fique sempre atento a possíveis mudanças de comportamento de seu cãozinho ou gatinho. Importante ressaltar que não se deve tratar seu animal de estimação em casa, sem um acompanhamento de um profissional dessa área.

Caso tenha gostado desse artigo e de nossas dicas, compartilhe com seus amigos e contatos. Pode ser que alguém esteja precisando dessas informações, nós do Portal Guia Pet, agradecemos. Que seu amado peludo de quatro patas tenha longa vida e muita saúde!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *